Semifinalistas da última edição, Mogi das Cruzes e Flamengo estão a um passo de retornar à disputa por uma vaga na Final do NBB. Nesta quinta-feira, as duas equipes venceram seus compromissos, contra Solar Cearense e Rio Claro Basquete, respectivamente, e ficaram a uma vitória de fecharem seus confrontos de quartas de final do maior campeonato do basquete brasileiro.

A torcida rubro-negra compareceu em peso ao Tijuca Tênis Clube e foi retribuída com a grande vitória do Flamengo pra cima do Rio Claro Basquete, pelo placar de 93 a 73, resultado que o deixou com 2 a 0 de vantagem na série quartas de final e a um passo de sua oitava semifinal em oito temporadas do NBB.

Para sair de quadra com mais este grande triunfo, o clube da Gávea contou com grande atuação de seu coletivo e todos os dez atletas que entraram em quadra pontuaram. Os clientes All Sports Agency deram show pelo lado do Flamengo, com destaque para o ala/pivô Olivinha, com 20 pontos, além de Marquinhos com 11.

Com 2 a 0 de vantagem na série, o Flamengo pode confirmar a classificação para sua oitava semifinal em oito temporadas já neste sábado (23/04), novamente no Ginásio Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), às 14h10 (de Brasília), com transmissão ao vivo para todo o país através da RedeTV!.

 

Mogi vence e abre vantagem

No primeiro jogo do dia, o Ginásio Paulo Sarasate recebeu nada menos que 9.304 pessoas para empurrar o Basquete Cearense no Jogo 3 das quartas de final do NBB, mas quem fez a festa no final foi o Mogi das Cruzes. Com bola de 3 heroica no último segundo, a equipe mogiana virou após estar 15 pontos atrás, venceu por 64 a 63 e ficou a um triunfo da semifinal do maior campeonato do país: 2 a 1. Mesmo com a derrota, um dos destaques da partida foi o armador e cliente da All Sposrts Agency, Davi Rossetto com 15 pontos anotados.




O Rio Claro está embalado na atual temporada do NBB. Depois de bater o Franca em pleno Pedrocão, a equipe do técnico Dedé Barbosa voltou a aprontar como visitante e desta vez levou a melhor sobre ninguém menos que o então quarto colocado Basquete Cearense, no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (CE), pelo placar de 67 a 64.

Para sair de quadra com mais um resultado positivo como visitante, o time rio-clarense contou com boa produção coletiva e teve quatro atletas anotando dígitos duplos na pontuação: Eric Tatu (15), Dedé (14), Gui Deodato (11) e Teichmann (13), que pegou 11 rebotes, fez sua terceira partida consecutiva mais de dez sobras no NBB e ainda registrou seu segundo duplo-duplo em sequência na competição.

Com mais este triunfo, o Leão chegou ao seu 11º em 23 partida na competição e subiu da nona para a oitava colocação, com campanha igual a do Pinheiros, que leva desvantagem no confronto direto. Já o Basquete Cearense, que teve sua sequência de três jogos sem perder quebrada, perdeu seu lugar no G4 para o Brasília e agora está em quinto, com 16 êxitos em 24 jogos (66,6% de aproveitamento).

Agora com duas vitórias seguidas na conta, o Rio Claro seguirá sua saga no Nordeste e medirá forças com o Vitória, no Ginásio de Cajazeiras, em Salvador (BA), já nesta sexta-feira, às 20 horas. Já o Basquete Cearense descansará por duas semanas antes de fazer dois jogos seguidos em casa, contra o Franca (09/03) e Bauru (11/03), ambos no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (CE), às 19h30 (de Brasília).

Paulistano bate Minas em BH e segue em 3º

Em partida bastante acirrada do início ao fim, o Paulistano foi superior no último quarto (24 a 13) e levou a melhor sobre o Minas, fora de casa, em plena Arena Minas, em Belo Horizonte (MG), pelo placar de 82 a 76. Esta foi a segunda vitória seguida do clube alvirrubro no NBB 2015/2016.

Sempre dominante e em ótima fase, o pivô Caio Torres justificou o posto no primeiro time da última Seleção da Semana e foi “o cara” do suado triunfo alvirrubro em Belo Horizonte. Além de cestinha da partida com 25 pontos, o jogador, pré-selecionado para o Jogo das Estrelas 2016, ainda apanhou dez rebotes e teve seu expressivo duplo-duplo coroado com uma eficiência de 30 tentos.

Com o resultado, o time da capital paulista chegou ao seu 16º triunfo em 22 partidas na atual temporada do NBB (727% de aproveitamento) e permaneceu firme na terceira posição, atrás apenas de Bauru e Flamengo. Já os mineiros seguem em décimo, agora com campanha de nove êxitos em 22 oportunidades (40,9% de aproveitamento).

25/02 (quinta-feira)

20h – Mogi das Cruzes x Franca – ao vivo no #NBBnaWeb
20h – São José x Bauru
20h05 – Caxias x Macaé


O Carcará está literalmente voando no NBB. Vivendo a melhor fase de sua trajetória na elite do basquete nacional, o Basquete Cearense conquistou um resultado pra lá de expressivo nesta quarta-feira. Em pleno Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, o time do técnico Alberto Bial marcou época ao superar o atual tricampeão Flamengo, por emocionantes 67 a 66, e quebrar a sequência invicta do Flamengo do Flamengo, que não perdia há dois meses.

Esta foi a primeira vitória do Basquete Cearense em cima do Flamengo em toda a história do NBB. Antes disso, foram realizados sete confrontos entre eles, todos vencidos pelos cariocas. O principal responsável pela histórica vitória do Basquete Cearense foi um ídolo da torcida rubro-negra: Duda Machado. Bicampeão do NBB com a camisa do Flamengo, o ala/armador, que é cliente da All Sports Agency, mostrou que conhece bem os atalhos do Tijuca Tênis Clube e fez uma partida tremenda, terminando o duelo com a bola da virada, 23 pontos, quatro assistências e três rebotes.

Com o emocionante e histórico resultado, o time do técnico Alberto Bial chegou ao seu 14º triunfo em 21 partidas no NBB (66,6% de aproveitamento) e se firmou ainda mais no G4, agora sem chances de ser ultrapassado pelo quinto colocado Brasília. Já o Flamengo, que sofreu sua quarta derrota em 21 jogos na competição (80% de aproveitamento), perdeu a liderança para o Bauru, dono da campanha de 17 triunfos em 21 jogos (81% de aproveitamento).

Embalado pela histórica vitória sobre o Flamengo, o Basquete Cearense buscará estender sua sequência positiva já nesta sexta-feira, diante do Macaé , fora de casa, no Ginásio Juquinha, às 19h30 (de Brasília). Já o Flamengo tentará recuperar a liderança do NBB no sábado, no clássico de rubro-negros do NBB diante do Vitória, novamente no Tijuca Tênis Clube, às 17h30, com transmissão ao vivo da RedeTV!.

Macaé bate Vitória e volta a vencer após 6 jogos

Enfim o torcedor do Macaé pode voltar a comemorar. Após longa seca, o elenco comandado por Léo Costa bateu o Vitória, por 88 a 79, em casa, nesta quarta-feira, e voltou com tudo para brigar pelos playoffs da temporada 2015/2016.

Indiscutivelmente o destaque da partida foi o ala Eddy, do Macaé. O atleta comandou o triunfo de seu time desde o inicio da partida, com 14 pontos no primeiro quarto, e encerrou o jogo com seu recorde em pontuação nesta temporada. Foram 29 tentos, sete rebotes, cinco roubos de bola e 28 de eficiência para o camisa 33 da equipe macaense. Com a vitória os donos da casa chegaram a cinco triunfos em 20 jogos e se aproximaram do G-12 da competição. Já o Vitória permanece na zona de classificação para os playoffs, mas agora soma seis resultados positivos contra 15 negativos.

Confira os jogos desta quinta-feira

18/02 (Quinta-feira)

11h – São José x Brasília
18h – Pinheiros x Paulistano
20h – Franca x Rio Claro
20h – Liga Sorocabana x Caxias do Sul – ao vivo no #NBBnaWeb

 


Mais uma vez o Mogi das Cruzes fez bonito diante de sua torcida. Neste domingo, a vítima foi o embalado Basquete Cearense, que não resistiu à força caseira mogiana e teve sua sequência de oito vitórias seguidas interrompida com a derrota por 78 a 73. Com um terceiro quarto inspirado, os mogianos conseguiram uma boa recuperação da desvantagem no marcador e agora seguem na briga pelo G4. Esta foi a sétima vitória em sete partidas dentro do Hugão neste NBB. A equipe do técnico Danilo Padovani é a única que não perdeu na condição de mandante nesta edição, e ainda tem uma diferença média de 10,29 pontos por partida para os rivais que atuam no “caldeirão”.

Os norte-americanos do Mogi foram os grandes destaques da partida deste domingo. A dupla Shamell e Tyrone, este cliente da All Sports Agency, combinou para 36 pontos, 11 rebotes e 6 assistências, e ambos saíram como cestinhas do jogo, com 18 pontos cada. Pelo lado do time nordestino, os destaques ficaram por conta dos alas Audrei e Duda Machado, ambos da All Sports Agency, com 17 e 12 pontos, respectivamente.

Depois de mais uma vitória em casa, o Mogi permanece na sexta colocação, mas se mantém colado ao G-4, com 12 vitórias em 19 partidas. Já o Basquete Cearense ainda se faz presente entre os quatro primeiros, com 13 resultados positivos e sete negativos, mesma campanha do Brasília, que fica em quinto pelo confronto direto.

Brasília bate Vitória e iguala campanha do Basquete Cearense

Depois de perder para o Basquete Cearense e sair do G4 na última sexta-feira, o Brasília voltou a sorrir no NBB. Neste domingo, a equipe do técnico Bruno Savignani levou a melhor sobre o Vitória, em casa, no Ginásio da ASCEB, pelo placar de 81 a 67, e retomou o rumo das vitórias na atual temporada do maior campeonato do basquete nacional.

Com o resultado, os brasilienses chegaram ao seu 13º triunfo em 20 partidas (65% de aproveitamento) e igualaram a campanha do atual quarto colocado Basquete Cearense. Já o Vitória permaneceu na 12ª colocação, ainda dentro da zona de classificação aos playoffs, com seis êxitos em 20 oportunidades.


Depois da pausa para as comemorações de carnaval, o NBB retornará logo com duas transmissões ao vivo nesta sexta-feira. No Ginásio Hugo Ramos, Mogi das Cruzes e Vitória se enfrentarão no Ginásio Hugo Ramos, às 19 horas (de Brasília), ao vivo no #NBBnaWeb (www.lnb.com.br/tempo-real). Depois, às 21 horas, Brasília e Basquete Cearense farão um confronto direto pelo G4, no Ginásio da ASCEB, na capital federal, com transmissão ao vivo dos canais SporTV. Neste confronto que fechará a noite, os cearenses buscam uma marca inédita na história: entrar no G4 pela primeira vez desde que chegou à elite do basquete nacional. As equipes tem números exatamente iguais e o time cangando está na frente pelo confronto direto.

A fase do Basquete Cearense é sensacional. A equipe vem de uma sequência histórica de sete vitórias consecutivas e, com 66,7% de aproveitamento e 12 vitórias em oito jogos, está na quinta colocação. Os atletas da All Sports Agency do elenco vem tendo grande destaque nesta campanha. Um dos reforços de melhor desempenho, o ala-amarador Duda Machado tem média de 13 pontos. O armador Davi Rossetto, na equipe desde 2012, vem ajudando com as assistências, com 4,44 de média. Outros dois contratados para esta temporada, o pivô Léo Waszkiewicz e o ala-armador Audrei Parisotto também vivem grande fase e contribuem em um fundamento: os rebotes. O primeiro tem média de 5,18 por jogo e o segundo de 4,11.

A situação da equipe é totalmente diferente do ano passado, por exemplo. O time lutou até a última rodada contra o rebaixamento e encerrou sua participação no campeonato apenas na 14ª colocação, com oito triunfos e 22 resultados negativos (26,7% de aproveitamento), campanha igual a da última colocada, Liga Sorocabana. Presente naquela campanha problemática, Davi Rossetto destaca as principais diferenças para este ano.

“Essa equipe que foi formada vem sendo diferente, eu sinto que todos compraram a ideia, que cada um está se sentindo feliz por jogar ao lado do outro, e isso traz resultados positivos. Temos trabalhado muito duro todos os dias, o elenco é muito homogêneo, e a briga por espaços dentro da equipe, sempre de forma sadia, vem fazendo com que nos preparemos muito bem para os desafios”, afirma o atleta.

Desde que chegou ao NBB, em 2012-2013, o Basquete Cearense chegou duas vezes aos playoffs, isto em duas primeiras edições. No entanto, parou nas oitavas de final em ambas as vezes, com eliminações para Paulistano (3 a 2) e Bauru (3 a 0) nas respectivas oportunidades. Já no ano seguinte, ficou longe na fase de mata-mata e brigou para não ser rebaixado. Agora, a história parece ser diferente, e o caminho da pós-temporada tem ficado cada vez mais próximo.

O Brasília, porém, não dará vida fácil ao time de Fortaleza. A equipe da capital federal vêm de derrota para o vice-líder, Bauru, por 94 a 92, e teve sua sequência de oito vitórias seguidas no NBB quebrada, o que levou o time à quarta posição. Para se manter na posição e reencontrar o caminho das vitórias, a equipe da casa espera contar com a força da torcida.


O Basquete Cearense segue em grande fase no NBB. Depois de se firmar no quinto lugar, a equipe nordestina continua forte na luta para entrar no G4 e, na noite desta terça-feira, conquistou uma grande vitória. Atuando em casa, o time dirigido pelo técnico Alberto Bial venceu o Paulistano por de 72 a 69 e conquistou sua quinta vitória consecutiva na maior competição de basquete do país.

O grande nome da vitória nordestina foi o cliente da All Sports Agency Duda Machado. Com direito a cinco bolas de longa distância convertidas, o ala/armador foi o maior pontuador do jogo, com 24 pontos, e ainda foi o responsável pelo arremesso que recolocou o Basquete Cearense em vantagem nos instantes finais da partida.

Este foi o décimo triunfo do Basquete Cearense em 16 partidas disputadas na competição e rende um aproveitamento de 62,5%.Na próxima rodada, a equipe recebe o Liga Sorocabana, no ginásio Paulo Sarasate, sábado, às 17h30. A partida é válida pela 19ª rodada e terá transmissão ao vivo pela RedeTV.

O outro jogo disputado na noite desta terça-feira foi entre Vitória-BA e Liga Sorocabana. A equipe paulista conseguiu uma importante e dramática vitória, com diferença mínima no placar, por 74 a 73. Brigando pela última vaga na zona de classificação aos playoffs da competição, o time de Sorocaba igualou o número de resultados positivos do Vitória (cinco). No entanto, os baianos seguem no 12º lugar, já que têm uma partida a menos.

Cestinha do campeonato, o ala/armador Neto marcou 19 pontos e comandou o triunfo sorocabano na capital baiana, ao lado do jovem ala Igor Avelino, autor de 16 pontos. Do lado dos anfitriões, os destaques ficaram por conta do trio de estrangeiros da All Sports Agency, formado por Calvo, Kojo e Jason Smith, que juntos marcaram 53 dos 73 pontos da equipe no jogo.

NBB terá sequência nesta quarta-feira com três partidas

Três jogos darão sequência ao NBB na noite desta quarta-feira. O Pinheiros, sétimo colocado, receberá o São José, 11º, às 19h30 e, também em São Paulo, a equipe de Franca encara o Minas, às 20h, em briga direta por posições na tabela de classificação. Até o momento, as duas equipes se encontram com a mesma campanha (oito vitórias e oito derrotas) e dividem a sétima posição, ao lado do Pinheiros. A partida que fecha o dia será no Sul do país, entre Caxias e Mogi das Cruzes, no Ginásio Vasco da Gama. Os donos da casa buscam subir na tabela, enquanto que os mogianos tentam retornar ao G4. O duelo está marcado para às 20h05.


Diferentemente de Caxias do Sul de Vitória-BA, o Basquete Cearense não está disputando o seu primeiro NBB. A equipe de Fortaleza, entretanto, passou por uma reformulação grande no elenco e até no uniforme para a temporada 2015-2016. O verde, usado no NBB7, deu lugar ao vermelho, assim como nos primeiros anos de fundação do clube. Já na equipe, uma das apostas que chegou para ajudar no novo projeto foi o conhecido e experiente ala-armador Duda Machado, de 33 anos, bicampeão do Novo Basquete Brasil com o Flamengo em 2008-09 e 2012-13.

Apesar da boa vitória em casa diante do Mogi das Cruzes, o Basquete Cearense mais perdeu do que venceu: são cinco derrotas e quatro triunfos. Duda, cliente da All Sports Agency, reconhece os erros, mas destaca que aconteceram na hora certa e que a equipe tem condições para consertá-los.

“Nossa participação no NBB é como esperávamos. É um campeonato muito equilibrado, sabíamos que seria assim. Vencemos o primeiro jogo em casa contra um time forte, mas cometemos deslizes que não esperávamos. Perdemos oportunidades boas de estar um pouco mais para cima na tabela, mas estamos vendo esses erros que cometemos para trabalhar em cima deles e a ideia é que não aconteçam mais. Tento sempre ver o lado positivo das coisas e isso é bom. Como aconteceu agora, teremos tempo para trabalhar e chegar ajustado na reta final para, se Deus quiser, colocar a equipe nos playoffs”, destaca.

Um fundamento que sempre foi uma das características marcantes de Duda é o arremesso de três pontos. Com média de 2,78, a terceira melhor da competição, o ala-armador destaca as melhoras que acontecem com o passar dos anos de dedicação aos treinos e jogos e divide os louros com os companheiros de equipe e o técnico Alberto Bial. A ajuda, segundo o atleta, vem não só nas condições para jogar, mas também na força mental.

“É uma característica minha. O Bial sabia disso, me conhece muito bem e sabe que gosto de jogar arriscando mais, forçando até algumas bolas, mas acho que com a idade a gente vai aprendendo a escolher melhor os arremessos, as situações, e o time sabe que é uma característica minha. Eles me passam muita confiança e isso me dá mais tranquilidade para que possa acertar os arremessos”, afirma.

O pensamento em não remoer os erros e tentar consertá-los está certo. Pela raça que mostrou em quadra nessas nove primeiras rodadas de NBB, não falta força de vontade ao Basquete Cearense. Por isso, não há motivos para duvidar que a equipe terá mais vitórias na sequência da competição.