O Macaé fez jogo duro, mas o Paulistano mostrou os motivos que o levam a ter uma das melhores campanhas do NBB até o momento. Depois de três quartos muito equilibrados, a equipe da capital paulista se impôs na parcial final e venceu o duelo realizado na noite desta terça-feira, no Ginásio Juquinha, por 84 a 75.

Com a vitória fora de casa, o Paulistano se manteve na terceira posição. Depois de ser ultrapassada Brasília na última semana, a equipe recuperou o terceiro posto, agora com um total de 13 triunfos – um a mais do que o time da capital federal – em 18 jogos. Discreto nos três primeiros quartos, o ala-pivô Gruber, cliente da All Sports Agency, brilhou no período final e foi fundamentais para o triunfo, com 18 pontos marcados.

No outro jogo da noite, o Rio Claro mostrou que segue em evolução na temporada e conquistou um importante resultado na briga por posições. Atuando em casa, no Ginásio Felipe Karan, a equipe superou o São José, por 67 a 63, e se isolou na décima posição na tabela de classificação.

Com cinco vitórias nos últimos oito jogos, o Rio Claro soma agora um total de oito resultados positivos em 19 jogos, enquanto que o São José caiu para o 11º lugar, com um triunfo a menos e a mesma quantidade de jogos dos algozes desta terça.

Três partidas agitam o NBB nesta quarta

O NBB 2015/2016 terá sequência nesta quarta-feira com a realização de três jogos. Em um deles, o vice-líder Bauru irá até a capital paulista para enfrentar o Pinheiros, às 20h30 (de Brasília). O duelo acontecerá no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, casa pinheirense. No duelo entre as equipes no primeiro turno, o Pinheiros levou a melhor. Mesmo atuando fora de casa, o time do técnico César Guidetti levou a melhor po 79 a 71 e conquistou importante resultado na briga por posições. Atualmente, o esquadrão pinheirense ocupa o sétimo lugar na tabela de classificação, com nove vitórias em 18 jogos. Por sua vez, Bauru venceu 14 vezes também em 18 jogos e ocupa a vice-liderança.

Confira os resultados desta terça e as próximas partidas do NBB:

– 02/02 (Terça-feira)
Macaé  75 x 84 Paulistano
Rio Claro  67 x 63 São José

– 03/02 (Quarta-feira)
19h30 – Minas x Vitória
20h05 – Caxias do Sul x Franca
20h30 – Pinheiros x Bauru

– 04/02 (Quinta-feira)
19h30 – Macaé  x Liga Sorocabana
20h – Rio Claro  x Mogi das Cruzes
20h – Flamengo x Paulistano – ao vivo no site da Liga Nacional de Basquete

– 05/02 (Sexta-feira)
19h30 – Pinheiros x Franca
19h30 – Minas x Basquete Cearense

– 06/02 (Sábado)
17h30 – Caxias do Sul  x Bauru – ao vivo na RedeTV!


Principal competição de basquete do Brasil, o NBB é conhecido por seu equilíbrio ao longo dos anos. O Paulista, no entanto, está sobrando na competição. Com quatro clientes da All Sports Agency (o pivô Guilherme, os alas Gruber e Gemerson e o técnico Gustavo de Conti), a equipe é única com 100% de aproveitamento no NBB 8, com cinco vitórias. O último triunfo foi um dos mais festejados pelos atletas, diante do Flamengo, atual bi-campeão da competição, por 67 a 60, sexta-feira, no Ginásio Antonio Prado Junior.

Apesar do ótimo momento, o começo de temporada não foi dos melhores para o Paulistano. No Campeonato Estadual, a equipe sequer disputou a decisão, pois foi eliminada pelo Mogi das Cruzes, na semifinal, com derrota por 3 a 2 na série. Para o ala Gruber, que vem destacando no NBB com média de 11,2 pontos por jogo, o fraco desempenho no Paulista fez com que a equipe acordasse para o restante da temporada.

“Estamos passando um momento muito bom e queremos aproveitar ao máximo. Acho que nossa desclassificação na semi do Paulista deu muito mais ganas de começar o NBB em um ritmo forte. Estamos conseguindo, sem dúvidas, aproveitar o calendário ao máximo. Tivemos quatro jogos em casa e conseguimos essas vitórias consecutivas. Agora, vamos para uma semana sem jogos e, na semana seguinte, enfrentaremos o Caxias fora de casa. Queremos dar sequência no trabalho. Estamos muito motivados e querendo sempre mais”, afirma.

A boa sequência em casa ajudou mesmo. A equipe venceu o Rio Claro na estreia, no Felipe Karam, e triunfou nos últimos quatro jogos atuando no Antonio Prado Junior. Ao comentar sobre o foco da equipe, Gruber deixa claro que os jogadores querem sempre mais. Se esse bom desempenho continuar mesmo longe de seus domínios, os resultados do Paulistano neste NBB serão bem superiores aos do Estadual.


Luis Gruber nasceu na pequena Santa Rosa, no Rio Grande do Sul, e, nos últimos quatro anos, morou em Uberlândia (MG) enquanto defendia a equipe da cidade. De 2003 a 2010 o cliente da All Sports Agency em clubes da Espanha. Porém, é nesta temporada, como reforço do Paulistano, que ele está conhecendo o verdadeiro agito de uma cidade grande.

Quanto mais drástica, mais se sente a mudança. A sede do Paulistano fica bem próxima da Avenida Paulista, a rua mais movimentada de São Paulo, cidade com maior número de habitantes e uma das maiores do Brasil. Gruber destaca um obstáculo bem conhecido do município, mas tem uma estratégia para driblá-lo.

“A principal diferença no Paulistano é a cidade. Nunca vivi em uma cidade tão grande como São Paulo. Estou morando perto do clube, mas o trânsito ainda complica, preciso me acostumar com isso. Não tem como adivinhar se vai estar congestionado, mas estou sempre precavido, saio cedo e nunca perdi nada por engarrafamento”, afirma.

Além das dificuldades pela mudança, Gruber, que chegou como grande reforço, ainda precisa trabalhar com a pressão de ter de corresponder às expectativas da torcida. Aos 30 anos e com bagagem internacional, o ala deixa claro que não se intimida e sabe até usar isso como forma de motivação.

“Essa parte da cobrança, de ser um reforço importante, me motiva muito, não me pressiona. Faz com que eu me sinta bem, que eu queira melhorar e demonstrar que posso jogar em um nível muito bom para corresponder todas as esperanças que depositaram em mim. Quero passar um pouco dessa minha experiência para os mais jovens, destacar que é importante ser competitivo e que nunca se pode amolecer, se entregar”, salienta.

Gruber teve bom desempenho no Campeonato Paulista, mas a equipe acabou eliminada nos playoffs. Pensando em uma forma de melhorar esse desempenho, o ala garante foco total no NBB e deposita confiança na equipe.

“Foi muito bom ter disputado uma competição de bom nível como o Paulista, principalmente para quem está chegando agora, como eu. Com a eliminação no Estadual, nossa cabeça está totalmente no NBB e vamos entrar 100% para recuperar e apagar essa derrota”, destaca.

Se a agitação da cidade grande não era muito comum na vida de Gruber, o ala sempre foi acostumado a vencer na carreira. Dessa forma, se as conquistas continuarem, a adaptação a São Paulo será ainda mais fácil.