Com a presença do cliente All Sports Agency, o ala Marquinhos, do Flamengo, a Seleção Brasileira se apresentou em São Paulo para iniciar a preparação para os Jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro, a partir de agosto.

Com seis jogadores, o NBB é a competição que mais forneceu jogadores para a lista (Rafa Luz, Larry, Marquinhos, Alex, Giovannoni e Hettsheimeir). Da NBA são cinco atletas chamados por Magnano, enquanto que três dos convocados vêm do basquete europeu. Antes das Olimpíadas, dois dos 14 convocados serão cortados.

“Estou muito feliz em fazer parte desse grupo e estar entre os convocados. Estou à disposição para ajudar a equipe e tentar trazer o inédito ouro para o Brasil, dentro da nossa casa. A Seleção é forte e vamos nos preparar cada vez mais para dar esse presente aos torcedores brasileiros”, comemora Marquinhos.

Para a disputa dos Jogos Olímpicos em casa, a Seleção Brasileira chega após duas grandes campanhas nas últimas competições internacionais. Nas Olimpíadas de Londres em 2012, o grupo verde-amarelo ficou com a quinta posição. Dois anos depois, na Copa do Mundo da Espanha, os brasileiros terminaram na sexta colocação.

Entre os convidados para a preparação está o também cliente All Sports Agency, Wesley Sena.

Confira a lista completa de convocados:

Armadores
Larry Taylor (Mogi das Cruzes)
Marcelinho Huertas (Los Angeles Lakers-EUA)
Rafa Luz (Flamengo)
Raulzinho (Utah Jazz-EUA)

Alas
Alex Garcia (Bauru Basket)
Leandrinho Barbosa (Golden State Warriors-EUA)
Marquinhos (Flamengo)
Vitor Benite (Murcia-ESP)

Pivôs
Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers-EUA)
Augusto Lima (Real Madrid-ESP)
Guilherme Giovannoni (Brasília)
Nenê (Washington Wizards-EUA)
Rafael Hettsheimeir (Bauru )
Vitor Faverani (Murcia-ESP)

Convidados
Deryk Ramos (Brasília)
Humberto Gomes (EC Pinheiros)
Pedro Henrique (Paulistano)
Wesley Sena (Bauru)

Programação
– 21 a 25 de julho – Jogos amistosos em São Paulo (adversários a definir)
– 28 de julho – Amistoso: Brasil x Austrália em Mogi das Cruzes (SP)

Desafio Super BRA
Ginásio Municipal de Esportes “Professor Hugo Ramos” / Mogi das Cruzes
– Dia 30 de julho – Austrália x Lituânia e Brasil x China
– Dia 31 de julho – Perdedor x Perdedor e Vencedor x Vencedor

– 2 de agosto – Amistoso em Mogi das Cruzes (adversário a definir)
– Viagem para o Rio de Janeiro e entrada na Vila

 

 


O Brasil segue muito bem no Sul-americano de basquete, realizado na Venezuela, com um time 100% de jogadores que atuam no NBB. Novamente o MVP das Finais do NBB , e cliente All Sports Agency, Olivinha, foi um dos grandes destaques da partida. Um dos responsáveis pelo grande primeiro quarto brasileiro (dez pontos e quatro rebotes no período), o ala/pivô da Seleção fez mais um jogo espetacular, ao sair de quadra com 21 pontos, sete rebotes e 25 de valorização (maior do confronto no quesito).

Nesta terça-feira (28/06), em Caracas (VEN), o elenco comandado por Gustavo De Conti teve um inicio de jogo espetacular, ao abrir 22 pontos de vantagem, e, com os outros três períodos superiores, alcançou seu segundo triunfo na competição, diante do Paraguai, por 101 a 63.

Além de Olivinha, outros clientes All Sports deixaram ótima impressão nas quadras venezuelanas. Foi o caso de Gui Deodato, do Rio Claro. Ele anotou todos seus dez pontos nas parciais decisivas para confirmar o triunfo. Jefferson William, do Bauru, também anotou 12 pontos e foi um dos grandes nomes na vitória.

A Seleção Brasileira volta a jogar pelo Campeonato Sul-Americano amanhã (29/06), diante da Bolívia, às 14h45 (de Brasília), com transmissão ao vivo da ESPN+.

 


Ricardo Fisher está fora da temporada do NBB e das Olimpíadas

O Bauru e o basquete brasileiro receberam uma triste notícia: o cliente da All Sports Agency e um dos grandes destaques do basquete nacional, o armador Ricardo Fischer, está fora do restante da temporada do Novo Basquete Brasil (NBB). De volta ao Brasil após o Final Four da Liga das Américas, onde sua equipe ficou com o vice-campeonato, o atleta passou por exames clínicos e de imagem e foi constatada a ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Continue reading


Pela sexta vez, a Seleção Brasileira Masculina conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos. No último sábado, dia 25 de julho, os brasileiros derrotaram o Canadá por 86 a 71 (48 a 29 no primeiro tempo), em Montreal (CAN), e garantiram o título invicto. Para subir ao lugar mais alto do pódio pela quarta vez nas últimas cinco edições do Pan, a equipe ainda venceu outras quatro vezes: Triunfos sobre Porto Rico (92 a 59), Venezuela (79 a 64) e Estados Unidos (93 a 83), na fase de classificação, e República Dominicana (68 a 62), na fase semifinal.

Os atletas da All Sports tiveram atuações importantes. O ala Leo Meindl, caçula do time com apenas 22 anos, começou como titular, jogou por 26:41, marcou oito pontos, pegou cinco rebotes e distribuiu cinco assistências. O ala-pivô Olivinha veio do banco, anotou dez pontos e apanhou dois ressaltos, em 18:23 de atuação. O armador Ricardo Fischer também começou na reserva, e quando entrou fez quatro pontos, deu três passes decisivos para cesta e pegou dois rebotes, em 11:28.

Nas dezessete edições do torneio masculino, o Brasil subiu 14 vezes ao pódio e, por seis vezes, assegurou a medalha de ouro: Cali, na Colômbia (1971); Indianápolis, nos Estados Unidos (1987); Winnipeg, no Canadá (1999); Santo Domingo, na República Dominicana (2003); Rio de Janeiro, no Brasil (2007) e Toronto, no Canadá (2015). Foram mais duas medalhas de prata (1963 e 1983) e seis de bronze (1951 / 1955 / 1959 / 1975 / 1979 e 1995).

  • 1951 – Medalha de bronze – Técnico: Togo Renan Soares “Kanela”
  • 1955 – Medalha de bronze – Técnico: José Simões Henriques
  • 1959 – Medalha de bronze – Técnico: Togo Renan Soares “Kanela”
  • 1963 – Medalha de prata – Técnico: Togo Renan Soares “Kanela”
  • 1967 – 7ª colocação – Técnico: Edson Bispo dos Santos
  • 1971 – Medalha de OURO – Técnico: Edson Bispo dos Santos
  • 1975 – Medalha de bronze – Técnico: Edson Bispo dos Santos
  • 1979 – Medalha de bronze – Técnico: Ary Ventura Vidal
  • 1983 – Medalha de prata – Técnico: Renato Brito Cunha
  • 1987 – Medalha de OURO – Técnico: Ary Ventura Vidal
  • 1991 – 5ª colocação – Técnico: Jose Medalha
  • 1995 – Medalha de bronze – Técnico: Ary Ventura Vidal
  • 1999 – Medalha de OURO – Técnico: Hélio Rubens Garcia
  • 2003 – Medalha de OURO – Técnico: Aluísio Elias Xavier Ferreira
  • 2007 – Medalha de OURO – Técnico: Aluísio Elias Xavier Ferreira
  • 2011 – 5ª colocação – Técnico: Rubén Pablo Magnano
  • 2015 – Medalha de OURO. Técnico: Rubén Pablo Magnano

Com informações do site da Confederação Brasileira de Basquete


O ala Leo Meindl é o novo reforço do Paschoalotto/Bauru para a disputa da temporada 2015-2016 do Novo Basquete Brasil. Aos 22 anos, o atleta agenciado pela All Sports assinou contrato de duas temporadas com a equipe do interior paulista e se apresenta nesta semana junto ao restante do elenco. Esta será sua quinta participação no NBB, a primeira sem vestir a camisa de Franca, equipe de sua cidade natal. Na última temporada, marcou expressivos 15.7 pontos por jogo, além de 5.3 rebotes e 2.4 assistências em 35 minutos de média em quadra. As atuações lhe renderam uma convocação para o Jogo das Estrelas e para a Seleção Brasileira.

Leo Meindl foi titular da seleção em todos os cinco jogos da campanha invicta nos Jogos Pan-Americanos de 2015, realizados em Toronto (CAN), no mês de julho. Em média, ficou em quadra 21 minutos, marcou 5.6 pontos por jogo, pegou 3.4 rebotes e distribuiu duas assistências. Leo permanece com o grupo do técnico Rubén Magnano para a disputa da Copa América/Pré-Olímpico, entre os dias 31 de agosto e 12 de setembro, na cidade do México.

A equipe de Bauru conta com ainda outros três jogadores agenciados pela All Sports: o armador Ricardo Fischer, também convocado para a Seleção Brasileira, e os pivôs Jefferson William e Murilo Becker.